#PoemeSe “Busca”, por Maristela Marques

“As buscas pelos “vocês” que nos preencheriam vazios, tristezas, solidão, apontam caminhos de encontro a mim”.

Na busca desenfreada de você

Me perdi de mim, não sei quem sou

Escrevo todo dia um novo texto

E todo dia o texto não tem fim.

 

Na busca desatinada de um você

Descubro todo dia estar sem mim

Perco o contato com o eu que sou

Se o que quero é bom ou é ruim.

 

Na busca enlouquecida de algum você

Aceito a um, a outro…a nenhum

E acabo descobrindo  que minha busca

Não nutre ou alimenta, é jejum.

 

Na busca, enquanto te procuro

Devo encontrar a mim, desconhecida

E sei que não te encontrarei

Se não encontro a mim, se estou perdida.

 

Maristela Marques
(Poetisa e Colaboradora do Feijoada Completa)

2 comentários sobre “#PoemeSe “Busca”, por Maristela Marques”

Deixe uma resposta