#CulturaParaTodos – A “Virada” da Virada Cultural

A 14ª edição promete retomar a qualidade e o dos primeiros anos do evento, reunindo artistas de peso para a festa paulistana

O ano era 2005, em meados de abril começou um burburinho pela cidade sobre um tal evento cultural com dois dias de festa, de graça, organizado pela Prefeitura de São Paulo. O nome? Virada Cultural. A capital paulistana que respira arte e cultura tinha ganhado um presentão que iria reunir diversos artistas e tribos. Os primeiros anos foram gloriosos, com grandes artistas espalhados pela pauliceia, com shows, teatro, dança e muita arte.

Porém, alguns tristes acontecimentos fizeram com que o evento perdesse força e adesão nos últimos anos. Em 2017, o então Prefeito João Dória, deu um empurrãozinho para o evento descer um pouco mais a ladeira, migrando a festa para locais distantes e de difícil acesso. Mas, já era algo de se esperar do homem que apaga arte pela cidade, não é mesmo? Mas, existe aquele ditado: se não pode com eles, junte-se a eles.

E assim como a tentativa de terminar com o carnaval não deu certo e deixou o povo furioso, o João trabalhador resolveu voltar às origens da grande festa cultural e este ano a organização promete realizar a grande Virada. Será a “virada” da Virada?

A divulgação da programação no final de abril deixou muita gente feliz, pois a que tudo indica será “a” Virada. Este ano, a 14ª edição irá receber mais de 900 artistas em 105 palcos espalhados pela cidade, entre os dias 19 e 20 de maio. O tema deste ano será a inclusão, com acessibilidade física em todos as apresentações artísticas e banheiros químicos – além de audiodescrição e libras nas atrações.

A Prefeitura de São Paulo estima atingir de 3 a 4 milhões de pessoas, números dos tempos de glória, investindo em parque de diversão no Vale do Anhangabaú e artistas de peso, como Caetano Veloso, que vai subir pela primeira vez no bloco Tarado Ni Você, o maior bloco de carnaval de São Paulo que homenageia o artista há cinco anos. Nomes como Gretchen, É o Tchan, Sidney Magal e Balão Mágico, entre outros do gênero, tomam as ruas ao reencontro com públicos antigos.

Confira aqui a programação completa do evento.

O foco das atrações será no Centro de São Paulo, mas entre as novidades da edição estão as novas regiões participantes, como: o estádio Itaquerão, Parque da Juventude, Praça do Campo Limpo, Centro Esportivo Tietê e Chácara do Jóquei – além dos centros culturais espalhados pela cidade, que também estão na programação do evento.

São muitas novidades em relação ao anos anteriores, motivo pelo qual a expectativa tá bem grande. Se será a grande virada ou apenas melhor que as anteriores, ainda não sabemos, mas que a programação está bem convidativa isso não podemos negar. Portanto, prepare o seu roteiro, vá passear na cidade e ver como ela fica ainda mais linda a noite e cheia de vida e arte. Tenho certeza que a festa será fantástica e estou na torcida para ser um grande sucesso, tanto quanto foi o carnaval deste ano.

Boa festa e divirta-se.

Milene Rolan
(Redatora Feijoada Completa)

Deixe uma resposta