Dando voadora nos castelinhos de areia!

Depois do doutor bumbum, doutora vagina, conde seios, senhor bíceps, sagrada panturrilhas eis que vos apresento o senhor suicídio…

Me apresento em formas diversas de essência, me apresento acreditando que tenho espírito, que vejo espíritos e que creio cada vez mais nos ídolos.

Quando idolatro algo me idolatro antes, durante e depois, se seu corpo não lhe apetece te apetece o corpo alheio enquanto alienas seu corpo.

Mas morreu do que?
Morreu de mentira…!!!

Na certidão de óbito um Caps Lock: MORREU DE INSIGNIFICÂNCIA

Nada lhe significava enquanto ressignifica a vida, enquanto assistia ao youtube para obter respostas, em vez de procurar alguém que ame a seu corpo procuram-se por corpos para serem amados.

O “Bem Amado” o meu corpo dos outros, um corpo estranho num estranho corpo, existe a lipoescultura mental, leia um livro, leia-se um “livre”, as pessoas que acreditam que Deus tem um plano para elas o subjugam quando creem também que o seu corpo não estava nos planos.

O doutor bumbum só atendeu senhoras cú em sua clínica cínica, eis o reflexo de narciso, imaginem se narciso fosse ver a sua própria bunda na água…estaria vivo, mas com as costas distendida, sua mitologia não passaria de um ciático.

Ainda falando de Sócrates, eis que surge o abafar dos instintos a favor da razão, tem razão…

O amor está sim além do bem e do mal e quem se ama e é amado dificilmente faria uma alteração em seu corpo que não o gozo, as pessoas amantes ficam com a pele linda diria o sargento cérebro.

O cérebro reprime, o politicamente correto é uma aberração ao cérebro, é uma dádiva à democracia, o meu eu igual aos outros, a democracia é o cerne do absolutismo.

Sua carapuça é retocada só para te dar um toque.

De médico e de louco todo mundo tem um pouco e a loucura é de ambos, vamos fazer um bumbum novo?

Todo dia nasce um bumbum, um cú, uma buceta, um bíceps e todo dia morrem todos.

Mas a minha bunda é caída…
Sua vida é caída, seus valores são uma merda, seus seios carecem de desejos não de desenhos, suas nádegas estão na cabeça, coloque o seu corpo em ordem, tire seu cú da cabeça e coloque-o em suas nádegas, tire seu coração dos seus desejos e coloque-o em seu peito, tire o seu cérebro do absurdo e coloque-o em sua cabeça, torne-te o que tu és, vá ser gauche, vá dar a bunda, faça alguma coisa para você mesmo e não para os outros.

Não pense que és Deus, pare de se endeusar, seja um reles mortal e “se te queres matar por que não te mata-te” (F.P.) busque por quem lhe idolatre em vez de buscar por novos ídolos.

“Aqui jaz um ânus que tinha bunda e tinha cú, mas não necessariamente nessa mesma ordem”

Coitados?
Em coitos dados ninguém é coitado, somos somente e ainda as nossas escolhas, sejam elas encolhidas ou não, somos o que nos tornamos enquanto não nos tornarmos ou nos tronamos no que somos.

Alguém estranhou que o doutor bumbum fez cagada?
Vão estudar anatomia, pois a função natural é bem próxima disso.

Só não escrevo mais por que está começando o “live” do Pastor dos grandes lábios com um vídeo/dica de como aumentar ainda mais os grandes lábios… haja batom.

De resto é só se inscrever no meu canal e dar aquele joinha ou like e toda semana tem um vídeo novo para te mostrar o quanto a sua vida é um vídeo velho.

Enquanto você se inscreve num canal tem sempre um cano anal entrando em ti.

Bora causar na Néte com bunda de cagar no tanque.

 

Flávio Omputsman, Colaborador do Feijoada Completa.

Deixe uma resposta