Seis dicas para você ler mais

Recentemente estabeleci uma meta um tanto quanto ousada: ler 24 livros durante o ano de 2018. Resolvi estipular esse objetivo, pois no ano passado li muito pouco e além de ser um hábito super importante, é um dos únicos momentos em que é possível relaxar de verdade. Ir para outro universo, virar expectador de uma história e, de quebra, enriquecer o vocabulário e o cérebro com novas informações.

No decorrer desse percurso, porém, esbarro em diversas distrações que atrapalham esse objetivo: séries, Instagram, Facebook, Whatsapp, etc. Parece que é difícil focar e ler com concentração. Uma pesquisa divulgada em 2016, pelo Instituto Pró-Livro, apontou que cada pessoa leu, em média, 2,5 obras (inteiras ou em partes) no ano! É amigos, a tarefa em questão não é fácil e para sair das estatísticas terei realmente que fazer um esforço.

Para cumprir esse objetivo, além de força de vontade temos que nos livrar dos empecilhos mentais que muitas vezes criamos sem sequer notar. Além disso, seguir algumas regras podem ajudar nesse processo e evitar que aconteça a terrível procrastinação. Compartilho aqui algumas dicas que podem ajudar você, que também quer embarcar nessa viagem tão prazerosa que é a leitura.

1 – A leitura deve ser realizada com constância. Nada de ser extremista e querer ler um livro inteiro em um dia. Que tal ir aos poucos? Você pode ler um capítulo por dia, por exemplo. Alguns dias será mais fácil e em outros mais difícil, o importante é não desanimar. Em pouco tempo, deixa de ser uma obrigação e vira parte da sua rotina.

2 – Escolha um assunto interessante: O que você mais gosta? Literatura? Filmes? Romances? Que tal pesquisar sobre assuntos que você tenha afinidade? E nem precisa ser um livro logo de cara. Pode ser gibi, revista, jornal, etc.

3 – Peça indicações para amigos: É impressionante! Os melhores livros que li foram indicações e, muitas vezes, empréstimos de amigos. Com a vantagem de já te conhecerem, frequentemente, podem dar dicas certeiras. E você também, em pouco tempo, poderá fazer o mesmo.

4 – Crie oportunidades de leitura e diminua sua ansiedade: Tem coisa mais chata do que a espera em consultório médico? Ou até mesmo aquela meia hora no metrô? Pois, são estes os bons momentos para abrir seu livro e eliminar aquela ansiedade da espera.

5 – Celular no modo avião para fugir da tentação: Precisa de explicação? Deixar o celular no modo avião durante o período da leitura evita interrupções para ler as notificações e ajuda a manter o foco.

6 – Tenha seu propósito em mente: Porque você está fazendo isso? O que espera alcançar? Quais benefícios você terá? Quando estabelecemos uma meta é normal desanimarmos em algum momento. Por isso, relembre suas motivações e siga em frente.

Essas dicas são simples, mas funcionam e se pensar bem podemos aplicá-las para qualquer outro objetivo que tenhamos em mente, seja começar academia, um curso ou qualquer outra atividade. Aumentar meu nível de leitura é apenas uma de muitas conquistas traçadas para este ano. Qual é a sua?

Mônica Almeida
(Jornalista e Colaboradora do Feijoada Completa)

Deixe uma resposta